Banco Celestial

Há tantos bancos com tantos nomes, por que não haveria banco no reino celestial? Se existe, e nós cremos que sim, como podemos fazer os nossos depósitos? Aliás, antes de pensar sobre como depositar, é preciso abrir uma conta, para ter crédito no céu. Em Apocalipse 14:13, a última parte diz: “E descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os sigam”. E no mesmo livro, 8: 4 diz: “E o fumo do incenso subiu com as orações dos santos desde a mão do anjo até diante de Deus”. Eis duas maneiras de ajuntar tesouros no céu, que são depósitos feitos aqui na terra que é a agencia do banco celestial. Mas, o Senhor Jesus não se limita a estas duas coisas feitas para Deus em nome dEle, de Jesus. Estas orações e boas obras foram feitas, ou depositadas no Banco Celestial, nos primeiros anos do Cristianismo, pois eram perseguidos por causa do nome de Jesus.
Mas, no texto citado inicialmente, Jesus fala de ajuntar tesouros nesse banco, que orações e obras também são tesouros. Infelizmente, quando se fala em dinheiro, muitos se assustam e se afastam, e logo tiram conclusões erradas: “Igreja também é comércio”. Não está na Bíblia? E palavra céu não está também? E a ordem divina é ajuntar ou depositar. Paulo em II Timóteo 1:12 diz: “Porque sei em quem tenho crido, e estou certo que é poderoso para guardar o meu tesouro até aquele dia”.

Certamente Paulo se referia a tudo que havia realizado em nome de seu Senhor, e tinha certeza que estava depositado no Banco Celestial, uma vez que dinheiro representa vidas, trabalhos, lutas incessantes em nome de seu Senhor; não é isto mesmo que qualquer de nós quando recebe o seu pagamento monetário, recebe a retribuição do seu trabalho? Desde quando o dinheiro para o cristão verdadeiro é maldição? Por que então muitos cometem o pecado mencionado pelo profeta Malaquias 3:8, que diz que muitos estavam roubando de Deus nos dízimos e nas ofertas? Parece que se esquecem do verso 18, onde Deus promete haver diferença entre o que serve e o que não a Deus.

Em Provérbios 3: 9-10 Deus diz: “Honra ao Senhor com tua fazenda e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares”. Muita gente nesta vida, quando se aproxima o dia do sorteio do bolão, fica ansiosa por ser sorteada, e torce que todos percam e só ela seja a felizarda. E quando acontece de ganhar, vem a preocupação sobre a possibilidade de os amigos do alheio tomarem posse dessa fortuna. Entretanto, aquele que ajunta tesouros no Banco Celestial, fica tranquilo, como diz Jesus: “os ladrões não roubam nem a traça destrói;” porque o maior segurador é Deus; aliás, ladrão lá não chega. O apóstolo Paulo recomenda a todos os que sonham chegar ao céu, que façam um bom depósito, que, aliás, será para seu próprio proveito. E o Senhor Jesus em Lc 12: 21diz: “Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus”; isto é, Jesus se refere à pessoa do rico avarento, que ajuntou aqui na terra muita riqueza, e naquela mesma noite que se gloriando dessa riqueza, Deus o chamou para a prestação de contas, porquanto negara dar a Deus aquilo que Lhe pertencia.

Caríssimo leitor amigo, terá você aberto uma conta corrente no Banco Celestial? E se já abriu como estará o fundo dessa conta? Estará você fazendo depósitos regularmente e sistematicamente? Já seria um bom depósito? Não se esqueça que, assim como no Ap 8:4 e 14:13, que, quando Deus abriu essa conta, lá estavam as riquezas ajuntadas por esses fieis servos de Deus que, em meio a grandes lutas, e tantas coisas mais que lhes aconteceram, eles se mantiveram fieis. Não temos dúvidas que, se Deus abrir a conta de muita gente, vai encontrá-la vazia. Em certa região realizou-se uma campanha entre os pecuaristas que quando o carro que iria recolher o leite que cada um fosse depositar no vasilhame, pudesse levar para fazer uma obra filantrópica. Mas, pensou um deles, todos vão depositar leite; se eu depositar água não fará diferença. Acontece, porém, que, todos pensaram a mesma coisa. Quando foram buscar esse vasilhame, eis que era só água. Que não aconteça com nenhum de nossos leitores, coisa semelhante, que a sua conta esteja em branco, vazia. Pedimos a Deus que Ele esteja abençoando a sua vida, e que a sua conta não esteja em débito, no vermelho.
 

Related posts