O sucesso como meta

"Não tenha objetivos longe demais das suas mãos, abrace aqueles que estão ao seu alcance hoje"- Aristóteles

Aristóteles, o filósofo grego definiu sucesso como "alcançar a felicidade" em um contexto de integridade e harmonia. Ter sucesso é muito mais do que uma sensação eufórica de triunfo, que quase sempre é momentânea. O segredo, segundo o pensador e filósofo grego, é não ter objetivos longe demais das suas mãos, e sim abraçar as metas que estão ao seu alcance hoje. Ele vai mais longe ao dizer que ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue a sua alegria, a sua paz, a sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém.Na verdade, a conquista do sucesso é diária. Precisamos a cada minuto caminhar em direção aos nossos sonhos e ideais, para que hoje ou amanhã, eles possam ser realidade. Eu acredito que existem princípios que causam o sucesso, e se qualquer um seguir esses princípios será bem-sucedido.

Ter sucesso não é facil, mas é possível e o seu preço é muito menor do que o preço do fracasso. Acredito que para termos sucesso precisamos desafiar nosso status quo, fazer sempre o nosso melhor, viver a vida de forma plena, ter uma atitude que determina nosso futuro e ter habilidade para identificar o caminho para o sucesso.

Nesta edição da Linha Aberta estamos falando de homens e mulheres que souberam superar obstáculos que num momento da vida deles, parecia intransponível. Tenho certeza de que o preço que pagaram para chegar aonde estão foi alto, mas recompensador. Penso que na jornada da vida, quando olhamos para trás, vemos os nossos passos marcados na estrada da vida. Derrotas, vitórias, recomeços, perdas, conquistas. Esta realidade faz parte da nossa vida e na verdade, nos ajudam a amadurecer.

O empreendedor olha para o passado, resgata as experiências negativas que o levaram a cometer os erros atuais e procura a correção. A solução está bem aquém dessas justificativas para o fracasso. E o fracasso só vem quando você desiste. Por isso, a maioria dos que hoje são vencedores já experimentaram o fracasso. A grande diferença é que olharam para trás, viram que fracassaram, mas olharam para frente outra vez, e de suas experiências, tomaram atitudes que os levaram ao sucesso. Ao estudar sobre a jornada de homens e mulheres como o ex-presidente Luis Inacio Lula da Silva, a presidente Dilma Roussef, Helio Castroneves, Roberto Carlos, Romero Brito, Carmem Miranda e tantos outros, vejo uma coisa em comum em todos eles: nem todos os dias foram de glória.

Que a história desses brasileiros e brasileiras de sucesso, que tiveram a graça de serem reconhecidos internacionalmente por seus feitos e ideais, possa inspirar a mim  e a você na nossa jornada como imigrantes nos Estados Unidos. Apesar de não sermos conhecidos internacionalmente, estamos fazendo história. E que possamos nos atrever a sonhar, porque para Deus nada é impossível.

» LAINE FURTADO é Editora da Revista Linha Aberta com bacharelado em Jornalismo pela UFJF e mestrado em Teologia pela SFBC
 

Related posts