Felipe França é ouro em Xangai

Felipe França se sagra campeão mundial dos 50 metros peito em Xangai

Após decepcionar na prova dos 100 metros, o brasileiro Felipe França se redimiu nesta quarta-feira e conquistou a medalha de ouro nos 50 metros peito no Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai.

França marcou o tempo de 27s01 e deixou para trás o italiano Fabio Scozzoli, prata, com 27s17, e o sul-africano Cameron Van der Burgh, recordista da prova, que precisou se contentar com a medalha de bronze, ao marcar 27s19. Com a vitória, o brasileiro compensou a decepção de ficar de fora da final na prova dos 100 metros.

Ele já havia batido na trave no Mundial de Roma de 2009, quando ficou com a prata nos 50 metros. No ano seguinte, faturou o ouro no Mundial de piscina curta em Dubai. Desta vez, o brasileiro obteve a maior conquista de sua carreira.

Com o resultado, a equipe brasileira somou seu terceiro ouro em Xangai. Na segunda-feira, Cesar Cielo venceu a prova dos 50 metros borboleta. E, no sábado, Ana Marcela faturou o primeiro lugar na maratona aquática de 25 km.

Antes de Felipe França brilhar na final dos 50m peito, Thiago Pereira assegurou vaga na final dos 200 metros medley ao obter o quinto melhor tempo da disputa e o terceiro de sua semifinal: 1min58s27. Na eliminatória anterior, o também brasileiro Henrique Rodrigues registrou 2min00s04 e não obteve a vaga na final.

A final será disputada nesta quinta-feira (noite na China e manhã no horário de Brasília). Pereira terá a concorrência dos americanos Ryan Lochte, dono do melhor tempo na semifinal, com 1min56s74, e Michael Phelps, segundo mais rápido, com 1min57s26. Outro adversário de peso será o húngaro Laszlo Cseh, que registrou 1min57s66 na semifinal.

No feminino, a britânica Jemma Lowe liderou as semifinais, com o tempo de 2min06s30. Ela foi seguida da japonesa Natsumi Hoshi (2min06s65) e da chinesa Liu Zige (2min06s69).

Na final dos 200 metros livre feminino, a italiana Federica Pellegrini confirmou o favoritismo e venceu a prova, com o tempo de 1min55s58, seguida da australiana Kylie Palmer (1min56s04) e da francesa Camille Muffat (1min56s10). Com o resultado, Pellegrini se tornou a primeira nadadora a vencer os 200 e os 400m livre pela segunda vez consecutiva em um Mundial.

Na sequência, o chinês Sun Yang faturou o ouro nos 800 metros livre masculino, com o tempo de 7min38s57. A medalha de prata ficou com o canadense Ryan Cochrane, com 7min41s86, seguido do húngaro Gergo Kis, com 7min44s94.

Nas eliminatórias do 50m costas feminino, a russa Anastasia Zueva obteve o melhor tempo nas semifinais, ao registrar 27s88. Ela foi seguida da espanhola Mercedes Peris (27s93) e da bielo-russa Aliaksandra Herasimenia (27s93).

Related posts