Lytron
My Partner
cultureholidays

Americana dá à luz bebê de 7,3 kg

Um bebê pesando 7,3 kg nasceu no Texas na última sexta-feira.

A mãe, Janet Johnson, 39, permanece internada no hospital Good Shepherd em Longview depois de ter dado à luz um dos maiores recém-nascidos já vistos.

Associated Press
JaMichael Brown nasceu na sexta-feira no Texas (EUA) pesando 7,3 kg; a mãe teve diabetes durante a gestação
JaMichael Brown nasceu na sexta-feira no Texas (EUA) pesando 7,3 kg; a mãe teve diabetes durante a gestação

Ela ainda aguarda que o Estado do Texas se pronuncie sobre a possibilidade seu filho de seu filho, JaMichael Brown, estar entre os maiores nascimentos da história do Texas.

Johnson teve diabetes durante a gestação, o que ocasiona, em muitos casos, aumento no tamanho dos bebês. Os médicos estimavam que, antes da cesárea, o bebê pesasse 5,5 kg.

A criança é o quarto filho de Johnson que espera levar a criança para casa nesta semana. Ela também vai devolver as roupas que não servem em seu filho.

PESQUISA

Ainda no início deste ano um estudo do centro médico Erasmus, realizado na Holanda, apontou que mulheres mais velhas têm mais chances de dar à luz filhos maiores, enquanto os bebês menores são mais comuns entre as mães mais novas.

A pesquisa acompanhou 8.568 mulheres que tiveram filhos entre 2002 e 2006.

O risco de ter um bebê mais pesado (acima de 4,5 quilos) era de 3% entre as mulheres mais novas e chegava a dobrar entre as mães maiores de 30 anos.

Nas mulheres acima dos 40, esse índice atingia 10%.

Bebês que crescem menos do que o esperado no útero são mais suscetíveis a sofrer de diabetes e doenças cardíacas. Já bebês maiores são mais propensos à obesidade.

O achado pode ser importante porque a idade média das mães de primeira viagem tem aumentado no Ocidente.

Em 2010, nos EUA, o Pew Research Center mostrou que a proporção de bebês gerados por mães acima dos 35 anos saltou de 9% em 1990 para 14% em 2008.

Share

Related posts