Illinois é o 1o. Estado a aprovar o projeto de lei Dream Act com 61 votos a favor

Victoria para los indocumentados en Illinois

A Assembleia Legislativa de Illinois aprovou nesta segunda-feira o projeto de lei Dream Act que permite estudantes imigrantes ilegais a financiar seus estudos universitários com fundos privados. A SB2185 recebeu 61 votos a favor e 53 contra na Câmara de Representantes em uma jornada considerada histórica pelos defensores dos direitos dos imigrantes ilegais. “Esta votação é uma vitória para Illinois e um passo importante para o reconhecimento das contribuições dos imigrantes”, disse Lawrence Benito, subdiretor da Coalizão de Illinois para os Direitos de Imigrantes e Refugiados (ICIRR).

A coalizão impulsionou o projeto de lei como resposta estadual à estagnação do Dream Act apresentada em nível federal pelo senador Richard Durbin (D-IL). Benito destacou que a lei não terá nenhum custo para os contribuintes de Illinois, mas cria um fundo de bolsas de estudos privado para estudantes que não têm acesso aos empréstimos estatais ou outro tipo de ajuda financeira pública.

O Dream Act de Illinois também facilitará que os conselheiros de secundárias e encarregados de admissão em universidades e colégios sejam informados sobre oportunidades disponíveis para jovens imigrantes ilegais, e saibam como trabalhar com esta população.

A lei foi apoiada por reitores de 15 universidades, colégios comunitários de Illinois e dezenas de organizações comunitárias. O governador de Illinois, Pat Quinn, disse que o Dream Act “fortalece nosso compromisso com a educação de todos”, e anunciou que a assinará nos próximos dias. O prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, disse em comunicado que a lei permitirá que milhares de estudantes imigrantes ilegais desta cidade “recebam uma boa educação e a oportunidade de conseguir o sonho americano”.

A ICIRR afirmou que a aprovação desta lei mostra “o poder político crescente das comunidades imigrantes”, e acrescentou que nos últimos 20 anos a comunidade latina aumentou 124 % e a asiática duplicou. Em Illinois há 640 mil cidadãos filhos de imigrantes menores de 18 anos, e 70 mil que alcançarão a idade de votar em 2012. “Esta lei é muito importante para os latinos, os imigrantes e seus seguidores, que vão lembrar deste apoio nas eleições do 2012”, acrescentou.

Related posts