Lytron
My Partner
cultureholidays

EUA: ciberataques como atos de guerra

O Pentágono adotou uma nova estratégia que classificará os grandes ataques cibernéticos como atos de guerra, abrindo o caminho para possíveis represálias militares, informa o The Wall Street Journal.

O jornal afirma que o Pentágono planeja divulgar pela primeira vez sua estratégia sobre a guerra cibernética no próximo mes, em parte como uma advertência aos inimigos que podem tentar sabotar a rede de eletricidade do país, os sistemas de metrô ou as tubulações.

“Se você apaga nossa rede elétrica, talvez nós disparemos um míssil na sua chaminé”, afirmou uma fonte militar ao comentar a nova estratégia.

A decisão de formalizar as regras da guerra cibernética acontece após vários ataques cibernéticos importantes nos últimos anos.

O mais recente aconteceu no fim de semana. A Lockheed Martin, uma das maiores empresas do mundo no setor de defesa, informou que estava investigando a fonte de um ataque cibernético “significativo e tenaz” contra sua rede de informação há uma semana.

O presidente Barack Obama foi informado sobre o ataque.

Share

Related posts