Há mais de 200 tipos de dor de cabeça e um deles pode indicar AVC

Dor de cabeça é algo que atinge 99% das mulheres e 94% dos homens alguma vez na vida. Ela pode ser forte, fraca, frequente ou esporádica, mas costuma atrapalhar as atividades diárias. Além disso, uma dor de cabeça súbita e sem causa aparente, acompanhada de outros sintomas, pode ser o prenúncio de um acidente vascular cerebral (AVC), a maior causa de mortes no Brasil.

Estudos mostram que há mais de 200 tipos de dor de cabeça e que alguns alimentos ou o excesso de analgésicos podem piorá-la.

O primeiro passo é anotar em um papel a frequência e a intensidade da dor. As causas podem ser desde uma má postura, um sapato errado, o jeito de caminhar, até uma questão hormonal no caso das mulheres.

Entre os alimentos prejudiciais estão a salsicha, a comida chinesa, o chocolate, o queijo e a cafeína. O café, porém, pode ser bom ou ruim, dependendo da quantidade. Até três xícaras por dia podem prevenir a dor de cabeça, mas mais que isso aumenta as chances do problema.

O cérebro tem seus próprios mecanismos para se defender da dor. Quando abusamos dos analgésicos de venda sem receita é como se ele desaprendesse essa técnica. Então, cada vez são necessários mais comprimidos para dar conta da dor. É importante saber que mais de um comprimido por semana já é considerado abuso.

Share

Related posts