Advertem sobre consumo de suplementos alimentares

Os consumidores de suplementos nutricionais assumem com estes produtos uma falsa proteção da saúde, advertem especialistas em um recente estudo publicado em Psychological Science.

Estes produtos podem causar mais problemas que benefícios, ou seja, provocam a chamada ilusão de que estamos invulneráveis aos problemas de saúde, explicam em seu artigo os pesquisadores da Universidade Nacional de Sun Yat-Sen, em Taiwan.

Em seus ensaios com um grupo de voluntários, a metade deles consumiu multivitaminas e aos demais foi fornecido um placebo, no entanto, os autores explicam que todos os participantes tomaram um fármaco desprovido de princípio ativo.

Os participantes que supunham ter consumido as vitaminas se sentiam imunes às doenças, destacou Wen-Bin Chiou, um dos autores.

Estes indivíduos expressaram menos desejo de levar a cabo rotinas diárias como o exercício, disse.

Hoje há um aumento no uso destes complementos da alimentação. Mais da metade da população mundial consome algum suplemento dietético, no entanto, tem a ideia equivocada de sua proteção frente às doenças, destaca.

Ministrados por via oral, entre os suplementos alimentares encontram-se as vitaminas, os minerais e outros produtos botânicos, aminoácidos e componentes como as enzimas e os extratos glandulares.

Tabletes, cápsulas de gelatina, líquidos e pós são algumas de suas apresentações.

Share

Related posts