Museu Dalí reabre na Flórida

Foi inaugurado em Saint Petersburg, na Florida, o novo edifício do museu dedicado ao surrealista espanhol Salvador Dalí (1904-1989). A coleção do museu, segundo alguns especialistas a mais importante do pintor fora de Espanha, tem 2000 obras, entre as quais esculturas, esboços, gravuras, desenhos e 90 pinturas a óleo, que cobrem todas as fases da carreira do artista.

O atual edifício do Museu Dalí, que custou 36 milhões de dólares e foi desenhado pela HOK, um coletivo de arquitetos liderado por Yann Weymouth, tem o dobro do tamanho do espaço anterior, que abriu ao público em 1982. A coleção foi reunida por A. Reynolds e Eleanor Morse, de Cleveland, Ohio, a partir de 1942. Quarenta anos depois, quando o casal procurava um espaço para expor, Saint Petersburg propôs-se. De acordo com a Reuters, há muito que os responsáveis pelo Museu Dalí tentavam mudar a coleção para um novo edifício, maior e mais seguro. O espaço agora inaugurado tem ainda uma livraria, teatro, lojas e um café, e está preparado para receber 5000 visitantes por dia.

Segundo o “El Mundo”, o diretor do museu, Hank Hine, acredita que “o Museu Dalí é a jóia que simboliza o crescimento cultural da cidade” e que virá a dar-lhe um “impulso econômico muito importante”. O jornal espanhol refere ainda que a inauguração começou com um desfile, que percorreu a curta distância que separa o antigo museu do novo. No museu podem agora ver-se quadros como “The Discovery of America by Christopher Columbus” (1958-1959), “The Disintegration of the Persistence of Memory” (1952-1954) e “Geopoliticus Child Watching the Birth of the New Man” (1943).

Related posts