Lytron
My Partner
cultureholidays

Flórida rejeita trem Orlando-Tampa

Flórida rejeita trem de alta velocidade entre Orlando e Tampa

O governador da Flórida, Rick Scott, anunciou nesta quarta-feira que rejeitou o projeto de construção de um trem de alta velocidade que ligaria as cidades de Orlando e Tampa, que contava com uma ajuda federal de US$ 2,4 bilhões.

O novo governador da Flórida explicou em comunicado que não precisa ser um especialista em economia para saber que “quando se gasta mais dinheiro do que entra, fracassa”.

Com a decisão de Scott, o dinheiro será destinado a outros estados que, como a Califórnia, apostam em implantar o modelo de trens de alta velocidade.

Scott já tinha advertido que não colocaria dinheiro em nenhuma rede ferroviária, para a qual seria necessário um investimento de US$ 280 milhões por parte do estado.

“Lembremos que tanto o governo dos EUA como o da Flórida não dispõe de recursos próprios e só devolve o que tirou aos contribuintes”, por isso a rejeição do “projeto da Administração Obama de construir o trem de alta velocidade”, especificou.

O governador já informou o secretário de Transporte dos Estados Unidos, Ray LaHood, de sua decisão final, dizendo que “as projeções de renda são sempre muito otimistas, mas são os contribuintes que acabam pagando pelos subsídios”.

“A verdade é que o projeto é muito caro para os contribuintes e penso que o risco é maior que o lucro”, assegurou.

Acrescentou que o “projeto” do presidente Barack Obama para uma nova rede de ferrovia com trens de alta velocidade “não é a resposta que a Flórida precisa para revitalizar a economia”.

Em janeiro de 2010, Obama anunciou que concedia à Flórida US$ 1,025 bilhão para que começasse a construção da linha Tampa-Orlando, que contaria com cinco estações.

Share

Related posts