Lytron
cultureholidays
My Partner

Resgate de mineiros começa hoje no Chile

O resgate dos 33 mineiros presos na mina San José vai começar, no máximo, à meia-noite de hoje, anunciou ontem o ministro de Minas do Chile, Laurence Golborne. Em reunião com parentes dos mineiros presos desde 5 de agosto, autoridades afirmaram que o início do salvamento pode ser adiantado, e começar no fim da tarde.

Isso coincidiria com a chegada do presidente chileno, Sebastián Piñera, que apressa sua volta do Equador. O resgate vai começar com testes com paramédicos e mineiros, que serão baixados até o refúgio. Os mineiros serão transportados pela cápsula Fênix, de 4 metros de altura e 54 centímetros de diâmetro, que vai içá-los dos quase 700 metros de profundidade até a superfície. A cápsula pode subir a uma velocidade de cerca de 1 metro por segundo e, portanto, o trajeto até o topo levaria de 12 a 15 minutos. Os mineiros podem sentir náuseas, ter problemas de pressão ou desmaios no trajeto.

Ontem, por volta das 6 horas da manhã, foi concluído o revestimento de 56 metros do túnel, mais curto do que se esperava. Mais tarde, foi realizado um teste com a cápsula e tudo correu bem – ela foi baixada a 610 metros de profundidade e içada de volta. “Os resultados foram positivos, porque a cápsula se adaptou bem, não ficou bamba, não caiu nem pó”, disse Golborne.

Indagado sobre o motivo de não baixar a cápsula até o refúgio dos mineiros, ele respondeu: “Não mandamos até embaixo porque não podemos nos arriscar a alguém resolver pular dentro”, ele brincou.

Pela programação inicial, as primeiras viagens com os resgatistas começariam à meia-noite de hoje. “Mas podemos começar antes, vamos fazer o resgate, independentemente da hora”, disse Golborne. Segundo ele, deve-se levar 48 horas para resgatar todos os 33 mineiros.

Share

Related posts