Lytron
My Partner
cultureholidays

Lula quer acertos na área social para outros países

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira que quer aproveitar o “acúmulo de acertos” do governo na área social depois que deixar a Presidência da República. Ele destacou que a ideia é trocar experiências com países da América do Sul, do Caribe e da África. Ele, no entanto, ainda não tem planos concretos sobre o tema.

“Obviamente, o que nós queremos é que as pessoas conheçam o que nós estamos fazendo para adaptar, em função da realidade deles, os programas, do jeito que eles entenderem que devam colocar em prática”, afirmou Lula durante o programa semanal de rádio “Café com o Presidente”.

Em outubro, os eleitores brasileiros terão de escolher um entre nove candidatos à sucessão presidencial. Esta será a primeira vez, desde a redemocratização do país, que o eleitor não terá Lula como candidato à Presidência da República.

DÍVIDA HISTÓRICA

Ao comentar a série de visitas feitas na semana passada a países africanos, o presidente afirmou que o Brasil tem uma dívida histórica com o continente.

Segundo ele, a África não deve ser tratada como algo secundário, mas como prioridade pelo governo brasileiro. “É muito importante para o Brasil fazer essas viagens porque o Brasil, primeiro, tem compromissos históricos, compromissos políticos de ajudar o Continente Africano a se desenvolver”, disse.

“O Brasil tem uma dívida histórica com os africanos, e nós achamos que essa dívida não pode ser paga com dinheiro. Ela é paga com solidariedade, com gestos políticos e com ajuda”, completou.

Lula destacou projetos desenvolvidos pela Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) em Gana e lembrou que a balança comercial entre o Brasil e a África passou de US$ 5 bilhões em 2002 para US$ 26 bilhões este ano.

O presidente visitou, ao todo, seis países africanos: Cabo Verde, Guiné Equatorial, Quênia, Tanzânia, Zâmbia e África do Sul. Lula retornou ao Brasil no sábado (10).

Share

Related posts