Goleiro Bruno acredita é o pai do bebê de Eliza

O goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes Souza, 25, afirmou à equipe da Polícia Civil de Minas que foi buscá-lo no Rio de Janeiro que não tem dúvidas de que o bebê de cinco meses filho de Eliza Samudio, 25, é também filho dele.

Segundo um integrante da polícia mineira que estava no voo para Belo Horizonte, na noite de quinta-feira, Bruno, ao ser questionado sobre o porquê de não ter feito o exame de DNA, que atestaria a paternidade, disse que não tinha dúvidas e que o bebê era a cara dele.

O goleiro negou ter se recusado a fazer o exame. Conforme relatado à Folha por um dos ocupantes do avião, Bruno disse que foi ele quem quis fazer o exame, mas Eliza não. Porém, foi ele quem se recusou a fornecer material genético à Justiça do Rio. Bruno está preso temporariamente por 30 dias, suspeito de envolvimento no desaparecimento da ex.

Além de Bruno, outras sete pessoas estão presas e um adolescente, seu primo, está apreendido no Rio. O advogado Ércio Quaresma, que representa Bruno, o amigo e funcionário Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, Dayanne Souza (mulher de Bruno) e outros três envolvidos no caso, afirmou que vai pedir nesta segunda-feira habeas corpus para os suspeitos.

Eliza está desaparecida desde o início de junho e, segundo dois primos do goleiro, que estão presos, ela foi morta em Minas. Apesar disso, o corpo não havia sido encontrado até esta segunda-feira. O filho de Eliza está sob a guarda da avó materna, que vive no mato Grosso do Sul.

Related posts