Lytron
My Partner
cultureholidays

Walmart vai aumentar em 23% quadro de pessoal em 5 anos

A maior rede de varejo do mundo, o Wal-Mart vai adicionar mais de 500 mil funcionários a seu quadro de pessoal nos próximos cinco anos, ampliando sua presença global no momento em que tenta recuperar as vendas fracas nos Estados Unidos, informou o presidente-executivo da companhia, Mike Duke.
Duke, em comentários sobre estratégia da empresa nos próximos anos, afirmou que a companhia precisa ampliar sua diferença de preços em relação a rivais uma vez que a internet ajuda os consumidores a encontrar produtos mais baratos. “Vamos ser os mais competitivos em preços e vamos ganhar muito”, afirmou Duke a 16 mil funcionários e acionistas reunidos em um ginásio de basquete na Universidade de Arkansas durante a reunião anual de acionistas da empresa.  Enquanto os funcionários se entreteram com a participação do ganhador do Oscar Jamie Foxx e artistas como Mariah Carey e Mary J Blige, acionistas receberam um novo programa de recompra de ações de US$ 15 bilhões que se soma aos US$ 10 bilhões em ações da empresa adquiridas pelo Wal-Mart no ano passado. Mas isso pode não ser suficiente para os acionistas que têm visto o preço estagnado das ações da companhia e vendas em lojas de descontos nos Estados Unidos abertas há pelo menos um ano caírem nos últimos quatro trimestres.
“Não creio que US$ 15 bilhões seja suficiente no momento”, disse Brian Sozzi, analista do Wall Street Strategies. “A companhia simplesmente precisa mostrar à base de acionistas que pode executar sua mensagem de sustentabilidade na redução de custos e retomada no fluxo de clientes, seja por meio de preços menores ou melhora em departamentos com margens maiores”, explicou.  Como parte do plano de crescimento, o Wal-Mart vai adicionar 500 mil postos de trabalho à sua base de 2,2 milhões de funcionários. A empresa tem 4.110 lojas em 14 países fora dos Estados Unidos e está buscando entrar na Rússia.

Share

Related posts