Missionários invadem as ruas da África do Sul

Projeto Conexão África 2010, levando o amor de Cristo

Durante a Copa do Mundo, 210 voluntários de várias partes do mundo atuarão no Projeto Conexão África 2010. O grupo trabalhará com evangelismo e atividades esportivas durante a Copa. Além disso, serão realizadas ações sociais e artísticas nas imediações do estádio em Joanesburgo, onde o Brasil e outras seleções jogarão durante a Copa.

As atividades do projeto decorrerão entre os dias 11 de junho e 11 de julho. A equipe completa, que conta com os reforços de um pastor norte-coreano e um missionário ex-muçulmano, será coordenada pelo casal missionário da JMM, Pr. Marcos e Luciana Grava.

A grande preocupação do grupo é com a segurança das ruas da capital sul africana. Para a missionária Luciana Gava, os índices de violência assustam mas não inibirão o trabalho. Outra dificuldade encontrada é o clima africano. De acordo com os missionários, a adaptação ao clima da África do Sul, seco e frio, e as enfermidades que surgem em decorrência das baixas temperaturas são grandes desafios. “Alguns voluntários estão sofrendo, apresentando resfriados e quadros de virose ou infecção na garganta. Além disso, parentes no Brasil informam que também estão com a saúde abalada, preocupando a todos. Ore por nós”, pede o Pr. Grava.

Atletas de Cristo na África

Os Atletas de Cristo fazem parte do grupo de missionários que está sob a coordenação de Marcos Grava. Veja as informações de Ricardo Ximenes, dos Atletas de Cristo, dois dias antes do início da Copa do Mundo:

O barulho das vuvuzelas é notável em qualquer esquina. O clima é literalmente de Copa e os africanos respiram isto com muita alegria e simpatia. O palco está armado, visitantes de todo o mundo, convidados de luxo como Pelé e o próprio Nelson Mandela que estarão na estréia e, mais da metade da população mundial, esperando o início para torcer por sua ou alguma seleção.

Nós, porém, estamos terminando nosso planejamento estratégico para ações que acontecerão de maneira impactante nas ruas, nas imediações dos estádios e nas igrejas. Enquanto o mundo olhará para dentro dos estádios, o nosso grande treinador Jesus, estará olhando também para fora dos estádios e certamente acrescentará o número de salvos!

Já estivemos em Soweto (a maior favela da África do Sul) onde nasceu Mandela, fizemos um mapeamento no território onde conglomeram alguns seguidores de um deus “estranho”, ações em duas igrejas e bastante treinamento.

Continuem orando por nós, a batalha aqui é grande, o frio é intenso. Muita gente passou por “sustos” – leves doenças, chegamos a 215 pessoas, glória a Jesus!

Ganhamos mais uma!

No amor do grande Treinador.

Ximenes

Atletas de Cristo

Johannesburg – South África

Com informações de Atletas de Cristo

Related posts